A Empresa capacita e valoriza seus Integrantes, dando oportunidades para seu crescimento pessoal e profissional.

Danielly Duarte Meira

Uso Eficiente dos
Recursos Naturais

A Empresa capacita e valoriza seus Integrantes, dando oportunidades para seu crescimento pessoal e profissional.

Danielly Duarte Meira

Energia

Nossas operações são autossuficientes em energia, produzindo todo o recurso necessário para as atividades industriais durante o período da safra por meio da queima de biomassa (bagaço de cana-de-açúcar) em caldeiras de alta tecnologia. O excedente gerado em nossas Unidades, um dos produtos de nosso Negócio, é exportado para o Sistema Interligado Nacional (SIN) e remunerado por meio dos contratos de venda firmados nos leilões do mercado regulado. Nossa bioenergia também é comercializada, de acordo com nossa estratégia comercial, no mercado livre, ao qual podem aderir indústrias e outros grandes consumidores. Na safra 2015/2016, geramos mais de 3 mil GWh de energia e aproximadamente 70% desse total foi exportado. G4-EN3Clique e tenha mais informações sobre esse aspecto no Complemento GRI

Embora já sejamos exportadores de energia elétrica, desenvolvemos diversas melhorias em nossos processos e equipamentos com o objetivo de reduzir o consumo desse recurso em nossas operações. Entre essas iniciativas, destacam-se a melhor utilização do vapor gerado na queima da biomassa e a otimização das torres de refrigeração industriais. Nas áreas administrativas, realizamos campanhas permanentes de conscientização dos nossos Integrantes.

Outro aprimoramento realizado na safra 2015/2016 foi o desenvolvimento de um ecoindicador, monitorado diariamente, que avalia o consumo de energia nas operações agroindustriais por tonelada de cana-de-açúcar processada. O desempenho no período serviu de base para o estabelecimento de metas para o próximo triênio. Para a safra 2016/2017, temos como desafio a revisão do balanço energético de nossas Unidades, o que permitirá compreender as oportunidades de melhoria com maior profundidade.

Energia consumida nas operações agroindustriais (kWh/tonelada de cana moída)

Contribuição da biomassa de cana-de-açúcar

A participação da biomassa entre as fontes para geração de energia elétrica outorgadas no Brasil pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) é de 8,7%, atrás da geração hídrica (66,7%) e das usinas térmicas movidas a combustíveis fósseis (17,5%). Entre 2014 e 2015, a cogeração nas indústrias do setor sucroenergético aumentou quase 4%, saindo de 19,4 TWh para 20,2 TWh – a geração em nossas Unidades cresceu 39%, atingindo 2,1 TWh, o que representa 10,4% do total.

Segundo a União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) e a Associação da Indústria de Cogeração de Energia (COGEN), o volume de energia fornecido pelas empresas do setor foi equivalente a economizar 14% da água dos reservatórios do subsistema Sudeste/Centro-Oeste, que concentra as principais hidrelétricas do país – devido ao fato de a cogeração estar concentrada no período com menores ocorrências de chuvas na região. Além disso, 8,6 milhões de toneladas de CO2 deixaram de ser emitidas, resultado equivalente ao plantio de 60 milhões de árvores nativas ao longo de 20 anos.

Nos últimos seis anos, o crescimento da oferta de energia do setor sucroenergético para o Sistema Interligado Nacional (SIN) cresceu 129,5%. Apesar disso, o ano de 2015 teve o terceiro menor volume de bioeletricidade de biomassa de cana-de-açúcar comercializada em leilões de energia nova no ambiente regulado, desde que o modelo foi adotado em 2004.

Geração de bioeletricidade sucroenergética (TWh)

Bioeletricidade sucroenergética comercializada nos leilões regulados (MW médios)

Créditos

Responsável por Sustentabilidade | Mônica Alcântara
Responsável por Comunicação Empresarial | Andressa Saurin
Consultoria GRI e Redação | Usina82
Projeto gráfico | Versal Editores
Desenvolvimento web | Agência Dinamite
Fotografia | Anderson Meneses, Eduardo Moody e Lourenço Furtado

Agradecemos a todos os Integrantes da Odebrecht Agroindustrial que participaram da elaboração desta publicação.